Calorias do Café
17/05/2017
A Cafeteria Perfeita
31/05/2017
Show all
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 Email -- 0 Flares ×

Até Mesmo para os Jovens

O café até um tempo atrás era considerado uma bebida típica de pessoas mais velhas, porém hoje em dia já está conquistando o público mais jovem, se tornando cada vez mais comum nesse meio. A pesquisa realizada pela ABIC, aponta que de 2003 a 2010 o percentual das pessoas que apontaram o café como um hábito do dia a dia aumentou de 85% para 91% na faixa dos 15 aos 19 anos;  de 83% para 90% na faixa dos 20 aos 26 anos; de 86% para 94% na faixa dos 27 aos 35 anos e acima dos 36 anos, de 96% para 98%.

Segundo a ABIC, isso vem acontecendo por conta da divulgação que está sendo feita ao longo dos anos e décadas e também dos estudos feitos e comprovados pelos cientistas que apontam que o café possui benefícios para a saúde humana, se consumido diariamente em doses moderadas de 3 a 4 xícaras. As cafeterias também estão ajudando a deixar a bebida ainda mais saborosa. Um exemplo seria as receitas que combinam café com leite vaporizado, calda de chocolate, chantilly e até sorvete, também tem colaborado para atrair os consumidores mais jovens.

Uma pesquisa realizada pela empresa Ivani Rossi Conhecimento Aplicado a Negócios com 1.680 pessoas acima dos 15 anos, em 19 municípios de portes variados e de todas as regiões. Essa pesquisa tem como objetivo identificar a posição do café nos hábitos de consumo das pessoas e levantar informações que permitam acompanhar a evolução do mercado e detectar novas oportunidades. Exatamente por isso, desde 2007 o estudo feito sobre o consumo nas padarias cresceu de 16% para 25% em todo o país, principalmente na região Sudeste (de 18% para 26%).

O café ‘espresso’ (25%) é o mais pedido depois do coado (75%), mas esse percentual varia de região para região, como exemplo, Sul com 45% e no Sudeste com 34%. Por faixa social, o café ‘espresso’ é mais pedido pela Classe A (55%) e o café coado pela Classe D (97%).

O crescimento do hábito de se tomar café nas padarias cresceu teve um aumento do consumo fora do lar: 307% no período de oito anos. Saltou de 14%, em 2003, para 57%, em 2010. Nos diversos pontos de consumo fora de casa, o café coado ou filtrado tem a preferência de 94% dos consumidores. Já o consumo de café ‘espresso’ e de café gourmet cresceu 21,3%.

A pesquisa mostra que o café coado ou filtrado, puro e sem leite, é degustado em qualquer momento: no desjejum, por 55%; durante a manhã, por 86%, após o almoço, por 91%, à tarde, por 57% e após o jantar, por 71% dos entrevistados.

Já o café instantâneo é mais consumido com leite: 74% no café da manhã; 83% no período da manhã; 91% após o almoço; por 57% à tarde, e por 69% após o jantar.

O café ‘espresso’ é consumido puro por 100% dos entrevistados em dois momentos: após o almoço e após o jantar. Também é consumido puro no café da manhã, por 87%; durante a manhã, por 85% e à tarde, por 88%.

O café coado no coador de pano ou filtrado no filtro de papel, para consumo no lar, continua sendo o preferido por 97% dos entrevistados. A mulher ainda é a principal responsável pela compra do café consumido em casa: 77%. Elas também as maiores responsáveis pelo preparo do produto.

Para 48% dos entrevistados, a marca com a qual o público já está habituado  a comprar e a data de validade, é algo que que conta muito na hora de decidir na compra. Os consumidores passaram também a avaliar nas embalagens itens que antes não eram observados, como tipo de café, peso, composição do produto e dados do fabricante.

Do total de entrevistados, 15% afirmaram comprar café semanalmente; 26% a cada 15 dias e 57%, uma vez por mês. A embalagem almofada é preferida por 60% e a embalagem a vácuo (tijolo) por 36%. Os consumidores do Sudeste (60%) e os do Centro Oeste (92%) preferem embalagem almofada. Os do Sul (76%) e os do Nordeste (48%) preferem café embalado a vácuo.

Conforme o tempo vai passando, o café passou a ser uma bebida praticamente insubstituível, pois entre 2003 e 2010 aumentou de 65% para 69% o número de consumidores que dizem que não haverá substituto para ele.

__________________________________________________________________________

Nos acompanhe nas redes sociais:

Facebook: JJ Food Solutions

Twitter: jjfoodsolutions

Instagram: @jjfoodsolutions

Linkedin: JJ Food Solutions

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 Email -- 0 Flares ×

Os comentários estão encerrados.